Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Investigador de C...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Investigador de Coimbra vence Competição Mundial com automóvel inteligente
 
Programar um automóvel virtual para circular sozinho na cidade, sem chocar em nenhum objecto, não provocar acidentes e obedecer aos sinais de trânsito. Foi este o desafio lançado pela Microsoft a cientistas de todo o mundo.

O investigador Jackson Matsuura, do Instituto de Sistemas e Robótica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) venceu a competição, conhecida por KIA Urban Challenge, ao conseguir desenvolver uma solução tecnológica em tempo recorde, demorando apenas três dias, enquanto que, por exemplo, o terceiro classificado demorou mais de duas semanas.

Com a tecnologia desenvolvida, o automóvel cumpriu todas as regras estipuladas no concurso e obteve a pontuação máxima. Recorrendo a sensores, câmaras, medidores de distância por laser, GPS, entre outro material, o investigador criou uma solução inovadora que garantiu um comportamento irrepreensível do automóvel inteligente.

Esta competição é uma versão simulada inspirada no DARPA Urban Challenge. Jackson Matsuura é docente do Instituto Tecnológico da Aeronáutica do Brasil (ITA) e está na FCTUC desde 2008 em pós-doutoramento na área de Sistemas Inteligentes.

Tem como supervisor o Urbano Nunes, responsável pelo grupo de Sistemas de Transportes Inteligentes, que desenvolve investigação, já muito premiada, nas áreas das Tecnologias para Veículos Inteligentes e que se tem afirmado internacionalmente.

Questionado sobre a capacidade de transformar o modelo virtual em real, Jackson Matsuura diz ser possível, “embora o Kit desenvolvido necessite de diversos ajustes, exigindo muito mais tempo de investigação, mas alguns modelos utilizados neste ambiente virtual já poderiam ser aplicados em automóveis reais”.

Para o investigador, vencer a KIA Urban Challenge “assume particular relevância porque, por regra, é um americano ou um japonês a conquistar este tipo de competições porque têm muito mais recursos para a investigação. Este prémio reconhece a qualidade tecnológica do Brasil e de Portugal”.

O prémio consistiu num veículo Kia de 15 mil euros. Como em Portugal e na Europa a empresa não comercializava veículos com esse valor, a distinção acabou por ser monetária

Fonte: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=29791&op=all
 
Inserido em 26-02-2009
Temas relacionados <Geral