Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Técnica inovadora...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Técnica inovadora de laser dá prémio a investigador da UC
 
O projecto comandado por Luís Arnaut Moreira, professor no Departamento de Química da Universidade de Coimbra, foi o grande vencedor da quarta edição dos prémios BES Inovação, vencendo também a categoria “Saúde”.
A equipa de investigadores, onde surgem nomes como Carlos Serpa e Gonçalo Sá, explorou uma técnica de LaserLead, a que deram o nome de “Instrumentação Médica”. O projecto vem revolucionar o método de administração de medicamentos, com a passagem de proteínas através da pele, de forma a tratar ou prevenir doenças.
Um dispositivo é utilizado para abrir os poros da pele, deixando passar o medicamento durante um curto espaço de tempo. Uns minutos depois a pele retoma a sua estrutura e propriedades normais.
Como é explicado na página do BES, este processo não provoca dor ao paciente e envolve um único contacto físico entre o dispositivo, o fármaco e a pele. O material utilizado é de muito baixo custo, biocompatível e descartável. Os receios de contaminação entre doentes ficam resolvidos.
Na prática, a técnica está direccionada para o tratamento do cancro da pele, a administração de insulina e até para a vacinação sem que se recorra à injecção.
Luís Arnaut Moreira reconhece que o projecto «é ambicioso» e, apesar do sucesso já alcançado, alerta para a necessidade de «realizar mais testes e analisar o protótipo». «Ainda faltam alguns anos para termos a técnica disponível para as pessoas», analisou.
O prémio conquistado tem o valor de 85 mil euros, mas não é disponibilizado todo em dinheiro, uma vez que parte é direccionada para «coisas como o registo de patentes», explicou o investigador.
Os projectos vencedores da quarta edição do concurso nacional de Inovação BES foram ontem divulgados e, para além da área “Saúde”, incluem também distinções nas categorias de “Processos Industriais”, “Agro-Industrial”, “Energias” e “Comércio e Serviços”. O júri foi composto por reitores e vice-reitores das principais universidades do país.
O valor total dos prémios, que pretendem divulgar os melhores projectos de investigação em Portugal, é de cerca de 325 mil euros.

Fonte: Diário de Coimbra
 
Inserido em 28-11-2008
Temas relacionados <Geral>  <Notas de Imprensa>  <Prémios