Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Ideia luminosa da...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Ideia luminosa da FCTUC vence concurso nacional promovido pela EDP
 
O eMonitor, um projecto inovador que pode proporcionar reduções significativas nos consumos de energia e de água no sector dos serviços, desenvolvido por um grupo de alunos finalistas do curso de Engenharia Electrotécnica e de Computadores, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) venceu o Concurso Nacional Ideias Luminosas - Eficiência Energética, promovido pela EDP, inserido no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo, da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).


O projecto vencedor com um prémio no valor de 50 mil euros, foi desenvolvido sob a orientação de Humberto Jorge e está em fase final de implementação no Edifício do Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores da FCTUC, um dos edifícios do Pólo II da Faculdade com melhores índices de eficiência energética.

De acordo com a FCTUC, o eMonitor é um sistema de monitorização bastante flexível na sua aplicação que permite manter um histórico dos consumos do edifício (electricidade, gás e água) dos respectivos custos associados e de variáveis ambientais (temperatura, etc). Caracteriza-se, essencialmente, pela sua flexibilidade de instalação, adaptando-se facilmente ao edifício e aos requisitos pretendidos pelo cliente, e pelos custos moderados de instalação, possibilitando a interligação a diversos equipamentos já instalados no edifício, bem como a outros existentes no mercado.

Constituído por diversas aplicações de software, o eMonitor, explica Humberto Jorge, “permite à manutenção da instalação definir alertas automáticos, através de envio de mensagens de correio electrónico ou de SMS, relativas à detecção de consumos anómalos; permite ainda o envio de mensagens de sensibilização para os utentes do edifício. Esta última funcionalidade tem como objectivo induzir os utentes a comportamentos relacionados com a utilização eficiente de energia, consciencializando-os do impacto ambiental devido ao consumo energético no edifício”.

Estas duas vertentes, de sensibilização dos utentes e detecção de consumos anómalos, permitem obter uma redução de consumo significativa e com baixo investimento.

Com o eMonitor é possível, também, o armazenamento contínuo de dados relativos aos consumos totais do edifício, desagregados por secções ou até por equipamentos (AVAC, caldeiras, etc), criando-se um histórico de consumos que poderá ser utilizado nas auditorias e inspecções periódicas a que os edifícios estarão obrigados, ao abrigo da novas normas regulamentares relacionadas com a Certificação Energética de Edifícios.

“O eMonitor, induzindo alterações de comportamentais nos utentes, apresenta ainda vantagens ambientais, uma vez que, a redução dos consumos de energia significa menos emissões de Dióxido de Carbono para a atmosfera, e vantagens financeiras para a gestão do edifício associadas à redução dos custos de energia”, afirma o orientador do projecto.

O sistema eMonitor irá ser comercializado, pela EnerEfficiency – Soluções Energéticas, uma empresa recém-formada, pelas pessoas envolvidas no desenvolvimento deste projecto. Esta Spin-Off da FCTUC, irá apostar também na manutenção remota de edifícios, um serviço que permitirá analisar e interpretar todos os dados monitorizados, enviando aos clientes relatórios com resultados da análise e sugestões para racionalização de consumos.

Para os autores do projecto, o Prémio Ideias Luminosas “valoriza a investigação realizada e compensa o esforço e trabalho de equipa sendo uma excelente oportunidade para entrar no mercado da eficiência energética”.

O Concurso Ideias Luminosas - Eficiência Energética tem como principal objectivo a promoção da eficiência no consumo de energia eléctrica através do desenvolvimento de produtos de hardware, software ou com ambas as componentes no sentido de obter poupanças quantificáveis no consumo de energia eléctrica e que sejam economicamente viáveis.

Fonte: <CiênciaPT>
 
Inserido em 17-03-2008
Temas relacionados <Geral