Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Bluepharma amplia...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Bluepharma amplia área de produção
 
A Bluepharma, Indústria Farmacêutica, SA, com sede em Coimbra, investe para vir a integrar, em 2011, o grupo das 500 maiores empresas nacionais. Esta empresa de Coimbra vai investir oito milhões de euros na ampliação da fábrica de São Martinho do Bispo, em Coimbra, e na criação de um novo centro de competências dedicado ao controlo de qualidade e à investigação e desenvolvimento (I&D) de medicamentos. Assim, até ao final de 2009, a empresa vai duplicar o número de postos de trabalho nestas áreas, que passará de 40 para 80, num total estimado pela empresa de 200 colaboradores.
«A Bluepharma está a dar passos seguros no sentido de integrar, em 2011, o grupo das 500 maiores empresas nacionais, altura em que esperamos quadruplicar os nossos resultados, para os 40 milhões de euros», destaca o director geral da empresa, Paulo Barradas.
O aumento da área disponível e o novo equipamento para produção e embalamento está orçado em mais de quatro milhões de euros, sendo o restante montante para investir em I&D. Desta forma a Bluepharma passará a contar com um edifício de 1200 m2 exclusivamente dedicado ao controlo de qualidade, desenvolvimento e investigação de medicamentos.
A Bluepharma está a preparar, ainda para 2008, o lançamento de uma nova empresa, que será um “spin-off” de um dos projectos que desenvolve em parceria com a Universidade de Coimbra. Esta nova entidade necessitará de um investimento de cerca de cinco milhões de euros para prosseguir o seu ambicioso programa de I&D, na área da terapia fotodinâmica de combate a várias formas de cancro.
Este crescimento e a contínua subida da produção tornam necessária a construção de novas instalações que permitam suportar a dimensão dos projectos em carteira para os próximos anos. Para o desenvolvimento e produção de medicamentos, um dos contratos já fechados com uma empresa farmacêutica multinacional vai garantir uma facturação mínima de três milhões de euros anuais, até 2017.
A Bluepharma fechou as contas de 2007 com um volume de negócios superior a dez milhões de euros, o que representa um crescimento de 30% em relação ao exercício de 2006. Este ano, a administração da empresa prevê que os resultados subam 50%, para os 15 milhões de euros, num salto sem precedentes. A empresa tem vindo a crescer a uma média anual de 35%, e 2008 será um ano de excepção, na sequência dos contratos assinados com clientes internacionais. No final de 2007, a Bluepharma facturou para o estrangeiro 67% de todos os medicamentos fabricados, assumindo-se como a empresa portuguesa da indústria farmacêutica com maior volume de produção exportada, em termos relativos.
O investimento em novos equipamentos e em recursos humanos qualificados, realizado também em 2007, traduziu-se na duplicação da capacidade produtiva, que deve atingir os 15 milhões de embalagens até final do corrente ano.
Numa altura em que completa sete anos de existência (a empresa foi fundada a 28 de Fevereiro de 2001), a Bluepharma aumenta a capacidade de produção para três turnos, em vez do único que tinha inicialmente, e conta com alguns dos nomes mais significativos da indústria farmacêutica mundial entre os 20 clientes actuais, de outros tantos países.

Fonte: http://www.diariocoimbra.pt/17942.htm
 
Inserido em 04-03-2008
Temas relacionados <Geral