Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Entrega de diplom...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Entrega de diplomas de participação no projeto CaMeLi
 
O projeto CaMeLi, em desenvolvimento no Laboratório de Automática e Sistemas do IPN, traduz-se num avatar, um assistente virtual com figura humana com o qual o idoso pode falar e interagir pedindo para realizar determinadas ações. Agendamento de atividades, contacto com familiares ou amigos através de Skype, marcação de refeições ou relembrar o idoso do local onde guardou um objeto, são algumas das funções disponibilizadas pelo projeto.

Os idosos participantes no piloto do projeto CaMeLi, testado na Cáritas Diocesana de Coimbra, receberam no passado dia 3 de dezembro, os seus diplomas de mérito pela participação nos testes de usabilidade.



O CaMeLi teve o seu piloto no início do mês de novembro nas instalações da Cáritas, com a participação de utentes do Lar de Santo António e do Centro Rainha Santa Isabel (valências de Centro de Dia e Unidade de Longa Duração e Manutenção).

A cerimónia realizou-se na Cáritas de Coimbra, onde os responsáveis do projeto, do Instituto Pedro Nunes (IPN), entregaram aos idosos os diplomas pela sua colaboração, que possibilitou a identificação e enumeração de possíveis melhorias no sistema, com vista à sua adaptação futura às reais necessidades dos idosos portugueses. A atividade decorreu animada e foi visionada a reportagem efetuada pela RTP no âmbito do projeto. Houve ainda espaço para sugestões e para os idosos expressarem a sua opinião relativa às novas tecnologias e à possibilidade do seu uso nos Centros que os apoiam.

O projeto CaMeLi é liderado pela SIEMENS AG (Alemanha) e a participação portuguesa está a cargo do IPN, reunindo 8 parceiros de excelência na área do envelhecimento Ativo e Saudável.

A Cáritas de Coimbra considera essencial contribuir para o desenvolvimento da investigação e das ferramentas tecnológicas que possam contribuir para uma melhor qualidade de vida das pessoas idosas que apoia diariamente, com vista ao retardamento da institucionalização e a um processo de envelhecimento mais ativo e saudável.
 
Inserido em 16-12-2015
Temas relacionados <Geral>  <Transf. Tecnologia e PI