Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Projeto SUDOTEX -...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora   Bolsas & Empregos IPN   Formação  
  Geral   Incentivos   Incubadora   Laboratórios de I&DT   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Projeto SUDOTEX - dinamização do setor têxtil do território SUDOE
 



Em atividade desde maio de 2014 e a terminar este mês de junho, o projeto Sudotex surgiu com o intuito de dinamizar o setor têxtil.

Submetido ao programa comunitário SUDOE, teve como principal objetivo responder às necessidades do sector têxtil da região do sudoeste Europeu (Portugal, Espanha e sul de França).
A parceria Sudotex, coordenada pelo CITEVE e formada por outras quatro entidades:
Portugal: IPN - Instituto Pedro Nunes,
Espanha: FOMENTEX - Fundación para el fomento del sector textil de la Comunidad Valenciana,
Espanha: FITEX - Fundació Privada per a la Innovació Tèxtil d'Igualada e
França: FORTEX Midi-Pyrénées,
pretendeu com este projeto mobilizar o setor têxtil nas zonas mencionadas, de modo a converter essas mesmas áreas em polos de excelência.

Tendo por base a inovação tecnológica e o envolvimento de diferentes atores vinculados a este sector (empresas, associações, organismos públicos, entidades do sistema cientifico, etc.), pretendeu-se estimular a criação de novos negócios, atrair novos investimentos e realizar ações coordenadas para aproveitar fontes de financiamento público e privado.

As iniciativas para estabelecer sinergias entre as várias entidades e promover a colaboração entre centros de investigação e empresas, estão a ser compiladas num Plano de Ação Conjunta (PAC), que visa apoiar as empresas têxteis a enfrentar os desafios da economia global. Este PAC, é constituído por um conjunto de conclusões retiradas dos questionários realizados junto de Centros de Investigação, Tecnologia e Inovação; Empresas e Entidades Empresariais afetas ao sector, e Entidades e Agências locais e regionais de cada país.

As respostas a estes questionários permitiram desenvolver, por parte do consórcio, uma análise SWOT (Strengths, Weakness, Opportunities and Threats), tanto para cada região envolvida como, para toda a rede em estudo, isto é, uma análise global, onde é possível depreender os Pontos Fortes deste setor, as suas Fraquezas, Oportunidades inexploradas e os fatores que constituem uma Ameaça ao desenvolvimento do setor.

Paralelamente estudos de Benchmarking Internacional realizados aos principais polos têxteis da Europa/ Mundo, selecionados pelo consórcio como sendo: E.U.A e Japão, apoiados por uma visita técnica a um cluster de sucesso na Alemanha, permitiram ao consórcio e consequentemente ao sector têxtil das regiões envolvidas, perceber e encontrar boas práticas, dicas e recomendações para favorecer o desenvolvimento do sector têxtil nas regiões do projeto.

O PAC conta ainda com documentos de partilha de Ações de Transferência de Conhecimento; um conjunto de Projetos de Investigação, Desenvolvimento e Inovação propostos pelo consórcio e parcerias criadas no decorrer do projeto; listagem de Ações de apoio e promoção do empreendedorismo e, Ações e Estratégias para a formação pessoal.

Melhorar o desenvolvimento económico destas regiões implica a criação de clusters de excelência no sector têxtil. O Plano de Ação Conjunta, especificamente orientado para o setor têxtil, pretende a consolidação de uma rede no sul da europa capaz de desenvolver atividades que permitam fomentar a inovação e cooperação conjunta destas regiões do sudoeste europeu.

Instituto Pedro Nunes – Laboratório de Ensaios, Desgaste e Materiais
ledmat@ipn.pt






 
Inserido em 15-06-2015
Temas relacionados <Geral