Instituto Pedro Nunes
IPN     IPN Incubadora
Missão do RYME+ no Texas resultou em mais de 20 interações comerciais
Aceleradora
Geral
 
Entre os dias 3 e 7 de dezembro, realizou-se em Austin, Texas, nos Estados Unidos da América, a quinta e última missão comercial do RYME+, um projeto coordenado pelo Instituto Pedro Nunes que está a apoiar empresas do espaço sudoeste europeu na expansão internacional dos seus negócios.

Nove empresas, das quais oito portuguesas e uma espanhola, participaram nesta missão liderada pelo IPN, da qual resultaram mais de 20 interações comerciais entre empresas e entidades locais.


A iniciativa teve como objetivo promover e apoiar a internacionalização das empresas com workshops, formações e visitas a incubadoras e aceleradoras locais, a Austin Technology Incubator e a Capital Factory. Paralelamente, as empresas tiveram a oportunidade de reunir com empresas/entidades locais para o estabelecimento de negócios/parcerias.

Foram convidados desta iniciativa David Kurtenbach, representante da City of Austin, Robert Metcalfe, inventor da Ethernet e fundador da 3COM, e Burke Fort, diretor adjunto do Centro de Estudos Espaciais da Universidade do Texas e coordenador do estudo do futuro Porto Espacial dos Açores “Atlantic Spaceport Center”.


O projeto RYME+ funciona num consórcio europeu liderado pelo IPN e é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa de Cooperação Interreg V-B Sudoeste Europeu 2014-2020 (Programa Interreg Sudoe).

É um projeto de apoio à internacionalização de PME nos setores de saúde e bem-estar, energia, materiais e sustentabilidade industrial, cidades inteligentes e TIC e indústrias criativas, que inclui parceiros do Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, França, Israel, Portugal e Uruguai.

Com o RYME+, 102 empresas (33 portuguesas, 37 espanholas e 32 francesas) beneficiaram de networking internacional, mentoring, preparação comercial, formação em mercados externos e interação com outras empresas inovadoras através da organização de speed meetings. As empresas mais promissoras tiveram ainda a oportunidade de participar em missões comerciais e de benchmarking.

No âmbito deste projeto, foram realizadas 4 missões comerciais ao Brasil, Uruguai e duas aos EUA (Chicago + Austin) e uma missão de benchmarking a Israel, que contaram com a participação de 44 empresas, resultando em mais de 220 interações comerciais entre todas as empresas do espaço sudoeste europeu.

Em maio de 2019, o IPN organizará o evento de encerramento do projeto em Coimbra.




Data

10 de Dezembro de 2018