Instituto Pedro Nunes
IPN     IPN Incubadora

ROSE
RObot SEnsing Tele-Ecography

Desafio

O principal objetivo deste projeto é desenvolver um sistema (denominado ROSE) para o mercado da telemedicina, com base em avanços recentes na tele-ecografia assistida por tecnologias robóticas.
Vários investigadores do Instituto de Sistemas e Robótica da Universidade de Coimbra (ISR-UC) têm vindo a trabalhar nesta área nos últimos 7 anos, tendo desenvolvido novas soluções de telecontrolo
colaborativo de robôs. O protótipo laboratorial desenvolvido no ISR-UC foi testado com sucesso em exames ginecológicos/obstétricos, abrindo caminho para a entrada no mercado.

Solução

Cada sistema ROSE inclui duas estações ergonómicas robotizadas (uma do lado médico e outra do lado do paciente), um conjunto de sondas ecográficas dotadas das funcionalidades usuais, um
sistema de base de dados de pacientes localizado em "cloud" e estruturas de comunicação seguras pela internet. Combinando estes elementos, o ROSE permitirá a interação entre múltiplos médicos
e pacientes, mitigando inconvenientes de viagens quer do lado do paciente quer do lado médico, e criando novos serviços tais como mentorização técnica à distância e colaboração internacional.
Atualmente, não existem soluções maduras no mercado para resolver o problema da tele-ecografia assistida por robô. Na verdade, os sistemas comercializados até então tiveram uma penetração
pequena no mercado. As principais razões deste insucesso prendem-se com 1) experiências pouco intuitivas de tele-manipulação devido à ausência de sensações de contacto por parte do
médico; 2) Controlo incompleto do posicionamento e orientação do robô por parte do médico, sendo necessário um assistente. O consórcio que promove o projeto ROSE propõe uma solução disruptiva
fortemente imersiva e intuitiva, baseada em avanços tecnológicos recentes, utilizando robôs ultraleves controlados em binário e arquiteturas de tele-controlo complacente com realimentação haptica.

Referência do projecto

CENTRO-01-0247-FEDER-017958

Financiamento

FEDER
FEDER

Localização

Nacional

Custo total

1.045.439,94

Custo IPN

175.736,07

Apoio financeiro da UE

FEDER - 131.802,05

Duração

2 anos

Consórcio

Líder: Sensing Future Technologies, Lda; Copromotores: IMACENTRO - Clínica de Imagiologia Médica do Centro, S.A.; Universidade de Coimbra; IPN.

Parceiros

 

Palavras-chave

Tele-ecografia, tele-ultrassom, telemedicina